Processos de sequestro social

Oficialmente sequestrados estão os presos, mas inconsciente e voluntariamente sequestrados somos nós (ler “Presos são eles; presos estamos nós“).

Sem haver consciência clara da nossa liberdade sequestrada, tal como aconteceu na libertação da escravatura ou de um qualquer vício, não se está preparado para perguntar: O que fazer?

Nesta página listar-se-ão algumas formas de nos sequestrarmos, não só por tirarmos daí proveitos, mas também porque os sequestros são parte desses proveitos. A abolição das práticas de sequestro, portanto, significa também reorganizarmos as nossas práticas sociais de discriminação entre os que beneficiam mais e os que estão mais sequestrados.